De acordo com a meta 13 do documento, Health for all, definido em Copenhaga pela OMS, prevê-se que, em 2015, 50% das crianças frequentem o Jardim-de-infância e 95% das que frequentem a Escola, integrem estabelecimentos de educação que sejam promotores da saúde.

Atentando no processo de desenvolvimento do ser humano, é na infância que se inicia a formação de comportamentos e hábitos. Assim, é perentório educar a criança para a saúde, estimulando o seu desenvolvimento global, pessoal e social neste sentido.

 

1. Enfermeira – Breve apresentação

Profissionalismo, empatia e respeito pelas crianças orientam a prestação de enfermagem no Crescer no Campo.

Enfermeira Responsável: Ângela Baptista

Resumo curricular:

Mestre e Especialista em Saúde em Infantil e Juvenil pela Escola Superior de Enfermagem de Lisboa;

Instrutora de massagem infantil, certificada pela Associação Internacional de Massagem Infantil;

Formadora certificada

Mesoterapeuta

 

2. Objetivos gerais da saúde no Aprender no Campo

Promover a saúde/Prevenir a doença na comunidade educativa;

Contribuir para a inclusão escolar de crianças com Necessidades de Saúde e Educativas Especiais;

Promover um ambiente escolar seguro e saudável;

Reforçar os fatores relacionados com os estilos de vida saudáveis;

Desenvolver os princípios das escolas promotoras da saúde.

 

3. Projetos prioritário do Espaço Saúde

Sessões de educação para a saúde com as crianças, com destaque para às áreas de: Higienização das mãos; Medidas gerais para prevenção de doenças; Cuidados a ter com o sol, Alimentação saudável, Lavagem dos dentes; Educação para a sexualidade.

Formação cívica

Formação à comunidade educativa: Primeiros socorros, Principais doenças infantis e principais medidas de prevenção das mesmas; Desenvolvimento infantil; Massagem infantil, entre outras;

Monitorização do cumprimento do Plano Nacional Vacinação;

Avaliação do desenvolvimento estato-ponderal das crianças;

“À conversa com a enfermeira”. Este é um suporte de articulação entre a enfermeira, a comunidade escolar e a família, que tem como objetivo esclarecer conteúdos do âmbito da saúde infantil, respondendo a dúvidas e inquietações que surgem;

Sensibilização para a vigilância da Saúde/Redução do medo do ambiente hospitalar através do Hospital dos Brinquedos;

Apoio à Inclusão Escolar de Crianças e Jovens com Necessidade de Saúde Escolar;

Monitorização dos Episódios de Doença;

Avaliação das Condições de Segurança, Higiene e Saúde;

Elaboração de programa de ementas saudáveis, preconizado pela DGS.