Uma escola de qualidade:


Considera as características individuais dos alunos;

Potencia o desenvolvimento das qualidades cognitivas, sociais, afetivas, estéticas e morais de todos os alunos;

Procura que o processo de ensino/aprendizagem seja organizado e diferenciado;

Possui um ambiente favorável de aprendizagem e possui expectativas elevadas;

Turmas reduzidas facilitadoras da aprendizagem;

Promove o desenvolvimento profissional e a estabilidade do corpo docente;

Estabelece modelos cooperativos e partilhados;

Estimula a participação e a satisfação de toda a comunidade educativa;
São nossos objetivos:


Aprendizagens consolidadas no conhecimento e em valores;

Metodologias diferenciadas e diversificação de métodos nas áreas curriculares;

Introdução curricular do Inglês e do Alemão;

Abordagens curriculares integradoras e motivacionais;

Aplicação dos conceitos teóricos em exercícios práticos;

Clima positivo na escola e expectativas positivas nos alunos;

Contexto tranquilo, estável e otimista;

Responsabilização, Colaboração e Cooperação;

Promover a Autonomia;

Turmas reduzidas com um único nível de ensino;
A oferta curricular do Crescer No Campo assenta no currículo do 1.º Ciclo definido pelo Ministério da Educação, sendo mais evidente a sua exigência e a transdisciplinariedade. As oficinas oferecidas pela colégio complementam as aulas teóricas das áreas curriculares, visto que o Crescer no Campo dá primazia ao “ Learn by doing” – aprender fazendo.
Onde são aprofundados conteúdos do conhecimento explícito da língua a nível fonológico, morfológico, sintático, lexical e semântico. Esta área complementa-se com a oficina “Contos do Campo” onde domina a Literatura Infantojuvenil (de acordo o PNL) e de Escrita Criativa.
Nesta área são aprofundados conteúdos dos Números Naturais, Regularidades, Geometria, ETC.
As oficinas Matemática no Campo e Apoio ao Estudo de Matemática são uma mais-valia no processo ensino-aprendizagem. O Crescer no Campo considera que as Atividades Experimentais assumem um caráter essencialmente prático e surgem como “descodificadoras” de conceitos matemáticos teóricos.
O ensino do Estudo do Meio configura-se como a iniciação sistemática aos campos de conhecimento científico que permitem analisar, interpretar e compreender a realidade do mundo natural e social.

Expressões são trabalhadas nas áreas das oficinas e na transdisciplinaridade das outras áreas curriculares.
Porquê introduzir uma 2ª e 3ª língua no 1ªCiclo do Ensino Básico?
A introdução de uma outra língua em contexto escolar, é altamente benéfica não só para as aquisições de significado, como de capacidade de expressão da criança;
“Learn by doing” – aprender as línguas estrangeiras de forma lúdica, contextualizando as aprendizagens.
Por exemplo: fazer uma receita típica inglesa ou alemã, cantar a canção dos Bons Dias em inglês, aprender o nome dos alimentos, etc.
Atividades Integradoras transversais
No Crescer no Campo damos primazia à qualidade do ensino, deste modo e sabendo que o desenvolvimento integral das crianças passa pela experimentação desenvolvemos um programa de oficinas. Tornando as atividades mais apelativas e as aprendizagens mais efetivas.
A Oficina das Energias tem como objetivo, fomentar as técnicas de construção, aliado à reciclagem e utilização de energias renováveis.
Pretende-se ainda o desenvolvimento de trabalhos manuais em diferentes materiais, no sentido da criação de protótipos e maquetas
A oficina Quinta do Campo, através do trabalho prático e experimental, pretende que os alunos sejam capazes de identificar, conhecer e compreender aspetos do ambiente natural, participar em atividades práticas promovendo o desenvolvimento integral.